FGTS beneficia milhões de brasileiros todos os anos

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço beneficia milhões de brasileiros todos os anos desde que foi instituído no governo Castelo Branco, sendo usado bastante para o pagamento de dívidas ou a própria concretização de sonhos, como por exemplo a casa própria. Confira abaixo maiores detalhes sobre o FGTS e como ele beneficia inúmeros brasileiros pelo país.

– Quem tem direito ao FGTS?

Certidão FGTS

​Todo trabalhador brasileiro com contrato de trabalho formal, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), e, também, trabalhadores rurais, temporários, avulsos, safreiros (operários rurais que trabalham apenas no período de colheita) e atletas profissionais têm direito ao FGTS. O diretor não empregado e o empregado doméstico podem ser incluídos no sistema, a critério do empregador.

– Como ver o saldo

Para ver o saldo do seu FGTS é super simples,basicamente segue os mesmos passos de quem quer emitir uma certidão FGTS mas primeiro você precisa fazer o seu cadastro na plataforma, para fazer esse cadastro você deve seguir os passos abaixo:

Certidão FGTS


Passo 01: Acesse www.caixa.gov.br/extrato-fgts.

Passo 02: Informe o número do seu NIS e clique em “cadastrar senha”.

Passo 03: Leia o regulamento e clique em “aceito”.

Passo 04: Preencha todos os campos com os seus dados pessoais. Aqui, você vai precisar do número do seu Titulo de Eleitor.

Passo 05: Crie uma senha com até 8 dígitos e confirme.

Passo 06: Você receberá uma notificação de cadastro realizado.

Passo 07: Para acessar, preencha os campos e aperte em OK.

Passo 08: Pronto. Você já pode consultar o seu extrato do FGTS.


Depois de fazer o cadastro você pode agora fazer a consulta do saldo do seu FGTS, siga os passos abaixo:


Passo 01: Acesse o site www.caixa.gov.br/extrato-fgts.

Passo 02: Preencha o número do seu NIS e a sua senha de internet.

Passo 03: Clique em “OK”.

Passo 04: Pronto! Você agora pode acessar todos os detalhes relacionados ao seu FGTS.


Caso tenha esquecido sua senha é super simples, nós temos aqui um passo a passo completo:


Passo 01: Acesse o site www.caixa.gov.br/extrato-fgts.

Passo 02: Clique em Esqueci a senha.

Passo 03: Aceite os termos.

Passo 04: Insira os dados solicitados para Confrontação com o Cadastro de Informações Sociais.

Passo 05: Crie uma senha segura com até 8 dígitos e guarde em um lugar seguro.

Passo 06: Uma notificação que seu cadastro foi realizado será enviada. Preencha os campos para acessar e clique em OK. Agora já é possível acessar e consultar seu extrato do FGTS.


Pronto! Agora você consegue acessar o saldo do seu FGTS através da internet.

– Como funciona o pagamento

Certidão FGTS

Para que o empregador possa fazer o pagamento do FGTS dos seus colaboradores a Caixa disponibiliza diversas formas, por exemplo, o download de programas específicos para geração das guias de recolhimento e o aplicativo de conectividade social que é o caminho mais prático entre a empresa e o banco.

Você pode encontrar todas as opções no site http://www.caixa.gov.br/empresa/pagamentos-recebimentos/pagamentos/fgts.

Nesta página você também pode consultar a situação de regularidade do empregador e obter o correspondente Certificado de Regularidade do FGTS (CRF), além regularizar sua situação, caso ela esteja com algo pendente, e também cadastrar o trabalhador doméstico.

Caso tenha alguma dúvida, há também um espaço reservado para sanar as principais dúvidas que são encontradas durante o processo.

– Como sacar

Certidão FGTS

O saque do FGTS voltou a seguir as mesmas regras de antes da medida provisória das contas inativas. As situações são:

  • Funcionário demitido sem justa causa
  • Morte do trabalhador;
  • Ao permanecer fora do regime do FGTS por 3 anos seguidos e ininterruptos, o saque pode ser feito a partir do mês de seu aniversário;
  • O fundo pode ser usado para aquisição de casa própria, amortização de financiamento ou aquisição de material de construção;
  • Ao fim do contrato com prazo predeterminado;
  • Rescisão de contrato por culpa de ambas as partes;
  • Necessidade pessoal de urgência, como calamidade pública ou doença grave, mediante especificações previstas em lei. Alguns exemplos de doenças que se enquadram são: Mal de Parkinson, câncer, AIDS, hanseníase, lúpus e cegueira;
  • Aposentadoria.

Após a Reforma Trabalhista de 2017, a CLT passou a permitir que, em caso de demissão por acordo entre empregador e trabalhador, até 80% do FGTS possa ser sacado.

Uma novidade para ficar de olho é a PL 479/2019. O projeto de lei propõe que o fundo possa ser usado para o trabalhador que deseje investir em empreendimento próprio.

Já a respeito do saldo do FGTS inativo, caso venha a ser novamente liberado, é provável que os saques sejam feitos como em 2017: de acordo com a data de nascimento, assim como o saque do PIS (Programa de Integração Social), também administrado pela Caixa.

Como você pode ver neste artigo, o FGTS beneficia milhões de brasileiros todos os dias, e, a tendência é beneficiar ainda mais pessoas que estão entrando no mercado de trabalho. Ficou alguma dúvida referente aos benefícios do FGTS para o trabalhador? Coloque aqui nos comentários que teremos o prazer de responder.

Esta entrada foi publicada em Finanças. Adicione o link permanente aos seus favoritos.